segunda-feira, 4 de julho de 2011

VIBRAÇÃO


Gosto de me perder, assim me reencontro
Gosto que o vento brinque com meus cabelos e meus pés me guiem por caminhos bonitos
Assim meu sorriso cresce...
Gosto se sentir o sol aquecendo a pele e o amor me espiando
Assim minha alma agradece e

conforta-se.......

Gosto de ver como as coisas são transitórias, mas são as mesmas
Os grãos de areia mudam com o vento, se reagrupam e ainda assim são dunas....
ou são o caminho, a margem ou o fundo do mar....
Há beleza na descontrução.....
Sou um grãozinho, uma gota.... sou o universo.
Pretensão?
Não. sensação....

Meu corpo sente o peso da caminhada,
mas assim, só assim
Minha alma vibra o sentido de estar aqui.........
Fragmentada ou inteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário