terça-feira, 28 de junho de 2011

... VOCÊ SEMPRE NA SIMPLICIDADE...


Algumas vezes na vida, você encontra uma pessoa especial. Alguém que muda sua vida simplesmente por estar nela. Alguém que te faz rir até você não poder mais parar. Alguém que faz você acreditar que realmente tem algo bom no mundo. Alguém que te convence que lá tem uma porta destrancada só esperando você abri-la. Isso é um sentimento único e pra sempre. Quando você está pra baixo e o mundo parece escuro e vazio, essa mesma pessoa te põe pra cima e faz com que o mundo escuro e vazio fique bem claro. Te ajuda nas horas difíceis, tristes e confusas. Se você se virar e começar a caminhar, essa pessoa te segue. Se você perder seu caminho, ela te guia e te põe no caminho certo. Ela segura sua mão e diz que vai ficar tudo bem. Essa pessoa é pra sempre, e pra sempre não tem fim.


sábado, 25 de junho de 2011

COMO SÃO ESPECIAIS...



... Algumas poucas pessoas são muito especiais, se você colocar o ouvido sobre seus corações, provavelmente você ouvirá o Oceano jurando pra alguma estrela distante na galáxia que algum dia eles não estarão mais sozinhos... e talvez essa seja razão de existirem estrelas cadentes todas as noites ...

ANALISANDO VOCÊ E EU....

Não precisa procurar no meio da multidão, coisas que acontecem quando você desiste de procura-lás, posso me aproximar sem invadir seu espaço, mas posso me aproximar tanto que seja impossivel de não o invadir. Não há como garantir que não possa me esforçar em ser interessante sendo que o que eu quero é ser o melhor que você merece. E de tudo que posso ser pra você eu só pediria que nunca fugisse de mim, nem mesmo quando por alguma razão eu deixasse a máscara cair, eu irei segurar sua mão como quem segura a mão de alguém que esteja pendurado sobre um barranco. E seguirei por dias, semanas, meses tentando tocar o seu coração até que um dia eu consiga. E de nenhuma forma te prender, mas sentir medo de te perder, e jamais te limitar mas chorar quando decidir ir embora, e esperar suas mudanças naturalmente sem forçar você, roubar mil beijos seus quando você decidir ter alguma crise de raiva, tentar te acalmar e ser incapaz de causar algum sofrimento a você. E eu não somente diria que canta mal como cantaria com você, provando assim que existem pessoas que cantam horrivelmente, e que você não é a única, mas a que eu estaria disposto a escutar, e quando você decidir falar demais, que eu debrusse sua cabeça no meu ombro e escute tudo que tem a dizer, e quando for desastrado que haja fôlego para não morrermos de tanto rir. E que você sinta vontade de precisar de mim, mas não só quando houver necessidade, que você sinta isso mesmo tendo passado um dia inteiro comigo, que não veja e nem sinta as horas passando quando estiver ao meu lado, e que nunca seja o suficiente o tempo que passarmos juntos, que você sempre sinta vontade de mais, mais e mais. E que você suporte os meus defeitos e se sinta orgulhoso das minhas qualidades, e apesar de não ter uma beleza extrema, poder fazer com que você enxergue que gostar de alguém vai muito além de beleza fisica, e tentar também de algum jeito (infelizmente só tentar) fazer com que você não precise olhar em outras direções, porque seus olhos vão estar dentro dos meus. Eu quero sempre encontrar você, sejá lá aonde você estiver, e que eu consiga ser o seu perfeito, mesmo sendo imperfeito....

quarta-feira, 22 de junho de 2011

ESTAMOS COM FOME DE AMOR...

Blog de cidoka :Meu Cantinho, Estamos como fome de amor...


Uma vez Renato Russo disse com uma sabedoria ímpar: "Digam o que disserem, o mal do século é a solidão". Pretensiosamente digo que assino embaixo sem dúvida alguma. Parem pra notar, os sinais estão batendo em nossa cara todos os dias.

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos, chegam sozinhas. E saem sozinhas. Empresários, advogados, engenheiros que estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos.

Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dance", incrível. E não é só sexo não, se fosse, era resolvido fácil, alguém duvida?

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho sem necessariamente ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico, fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçados, sabe, essas coisas simples que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.

Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção. Tornamos-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós.

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada no site de relacionamentos Orkut, o número que comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra ser sozinho!".

Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis.

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento e estamos a cada dia mais belos e mais sozinhos. Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário, pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa. Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia é feio, démodé, brega.

Alô gente! Felicidade, amor, todas essas emoções nos fazem parecer ridículos, abobalhados, e daí? Seja ridículo, não seja frustrado, "pague mico", saia gritando e falando bobagens, você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta.

Mais (estou muito brega!), aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois.

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza? Um ditado tibetano diz que se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele. Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada; o que realmente não dá é continuarmos achando que viver é out, que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me aventurar a dizer pra alguém: "vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida".

Antes idiota que infeliz!

EQUILIBRIO DA VIDA...

Imagine a vida como um jogo, no qual você faz malabarismo com cinco bolas que são lançadas no ar... Essas bolas são: o trabalho, a família, a saúde, os amigos e o espírito.
O trabalho é a única bola de borracha.
Se cair, bate no chão e pula para cima.
Mas as quatro outras são de vidro.
Se caírem no chão, quebrarão e ficarão permanentemente danificadas.

Entendam isso e assim conseguirão o equilíbrio na vida'.

Como?
Não diminua seu próprio valor comparando-se com outras pessoas.
Somos todos diferentes. Cada um de nós é um ser especial.
Não fixe seus objetivos com base no que os outros acham importante.
Só você tem condições de escolher o que é melhor para si próprio.
Dê valor e respeite as coisas mais queridas de seu coração.
Apegue-se a ela como a própria vida. Sem elas a vida carece de sentido.
Não deixe que a vida escorra entre os dedos por viver no passado ou no futuro.
Se viver um dia de cada vez, viverá todos os dias de suas vidas.
Não desista enquanto ainda é capaz de um esforço a mais.
Nada termina até o momento em que se deixa de tentar.
Não tema admitir que não é perfeito.
Não tema enfrentar riscos. É correndo riscos que aprendemos a ser valentes.
Não exclua o amor de sua vida dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo. A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiado a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas. Corra atrás de seu amor, ainda dá tempo!
Não corra tanto pela vida a ponto de esquecer onde esteve e para onde vai.
Não tenha medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente.
Não use imprudentemente o tempo ou as palavras. Não se pode recuperar uma palavra dita.
A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo.


Malabaristas da Cidade
Lembre-se: Ontem é história. Amanhã é mistério e HOJE é uma dádiva. Por isso se chama presente'. Se você quiser, passe este recado para as pessoas que são importantes para você, porque segundo Brian sugeriu: 'apegue-se às coisas que são queridas ao seu coração (entre elas os amigos). Sem elas a vida carece de sentido'.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

O MUNDO DO SENTIR VISTO POR MIM



Com o passar do tempo e com o nosso crescimento, vamos aprendendo a interpretar aquilo que sentimos, física e emocionalmente. E não sei como funciona convosco, mas eu às vezes demoro bastante a entender o que REALMENTE se passa comigo.(Sou assim um pouco lento mesmo! hehehe)
Perceber se tenho frio, fome, dor ou sono, é fácil, talvez por serem sinais gritantes no nosso corpo que quase nos impossibilitam de sentir seja o que for para além deles mesmos.
Perceber se estou animado, triste, entusiasmado, sonhador, ansioso, nervoso ou desmotivado tem sido com o treino, cada vez mais fácil de identificar. Claro que novas situações acontecem constantemente e volta e meio temos que lidar com sentimentos que nos são estranhos e obrigam-nos a um esforço maior.

A questão para mim às vezes é tentar acolher esse sentimento e o que ele me tenta dizer. Por exemplo, o medo surge na minha vida quando me confronto com algo que acredito ser perigoso e/ou que me pode magoar. O que retiro desse medo é um aviso, e se depois disso o conseguir por de lado, melhor.

Já a ansiedade é um sentimento de apreensão constante e uma espera por qualquer coisa que nunca sei exatamente o que é ou quando virá. Quando acontece de me sentir assim, tento perceber o que me leva a isso e às vezes não consigo. Há qualquer coisa por definir... uma tensão por resolver, que eventualmente se dá aconhecer. E para cada um dos sentimentos que vou sentido, vou retirando mais informação sobre o mundo e sobre o seu impacto em mim.

A parte verdadeiramente boa é que os sentimentos chegam-nos intocados, mas nós às vezes sabotamo-nos desacreditando aquilo que sentimos em prol de um qualquer raciocinio que tenho certeza que será muito lógico. Eu acredito que o real segredo não é sabotar o que se sente mas antes aceitá-lo. Depois logo se pensa o que fazer com o que se sente.

Acho que nos sabotamos também porque a sensibilidade que temos, por ser uma ferramenta maravilhosa ao nosso dispor, é também fonte de sofrimento, dúvidas e vontade de viver num lugar mais além onde nem toda agente aguenta, quer ou ousa entrar.

Acredito que a derradeira procura do homem é a felicidade pelo Amor. Amor à vida, às pessoas, ao outro e aos outros. Seremos/somos felizes quando nos aceitamos e nos sentimos amados assim e integralmente e só podemos ser amados integralmente quando nos entregamos por inteiro. Enquanto isso não acontecer, os outros amam apenas a parte de mim que entrego, a única que lhes é acessível.
E para mim de fato é engraçado ver a quantidade diferente de níveis de sentir que podemos ter, o que os despoletam e como podemos lidar com eles de formas tão distintas. Esta Vida que nos anima é muito rica. Resta-nos criarmos espaço em nós para nos sentirmos mais e melhor.

domingo, 19 de junho de 2011

ESCREVER



Escrever...

Para que?

Para não precisar falar.

Para decifrar célula por célula,

entender porque escorrego tanto

para aquele poço escuro.

Escrever para poder dele sair

subir as paredes,

arranhar o barro do mistério

da mente que me leva em

círculos, para cima, para baixo

nunca me deixando parar,

nunca me deixando sossegar,

fazendo me sofrer até cansar

sem saber o porque

deste sofrer,

fazendo me escrever.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

UMA GRANDE ESPERANÇA...



O que é uma célula-tronco? Célula-tronco ou célula mãe é uma célula indiferenciada, capaz de se transformar em todos os tipos de células que formam os diferentes tecidos do corpo humano. Por isso,elas são capazes também de regenerar órgãos e tecidos lesionados, promovendo a recuperação dos mesmos. Este tipo de tratamento chama-se TERAPIA CELULAR.